Observação importante

O objetivo do Blog não é acusar ou perseguir compositores, tampouco os intérpretes das músicas aqui analisadas. O objetivo é avaliar que tipo de afirmações estão sendo proferidas em nossos púlpitos e lares cristãos, seguindo a linha de raciocínio dos crentes bereanos (Atos 17:11) e os conselhos de Paulo (1 Ts 5.21; Hb 13.9) e João (1 João 4.1). Todas as análises são de responsabilidade de seus autores e críticas são bem vindas, desde que não venham acompanhadas de ofensas, mas de paz. Se desejar, leia aqui um artigo sobre algumas considerações sobre música e culto.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Música: Uma nova história (Fernandinho)


Letra:

Sai de tua tenda
Oh filho meu, e te mostrarei as estrelas do céu
Sai da tua tenda
Oh filho meu, e te mostrarei a areia do mar

Será que podes contar
Será que podes imaginar
Tudo aquilo que sonhei para ti filho meu
O que minhas mãos fizeram para ti filho meu
Minha benção será sobre ti

Uma nova história Deus tem pra mim
Um novo tempo Deus tem pra mim
Tudo aquilo que perdido foi
Ouvirei de sua boca: "Te abençoarei!"

Análise:

Esta música mostra bem o padrão de cristianismo que vivemos hoje, centralizado no ser humano (antropocentrismo) ou, como neste caso, em mim mesmo (egocentrismo). Há tempos abandonamos o verdadeiro louvor por músicas que exaltam a nós mesmos, que nos “concedem” bençãos, sucesso, viradas, ziguezagueios e tudo o mais que possa nos parecer proveitoso.

Apesar de não encontrarmos nenhuma frase claramente extrabíblica, o próprio conceito da música não encontra bases na Palavra de Deus. Notem por exemplo o refrão, onde o sujeito determina bençãos a si mesmo, fato sem recorrência bíblica. 
Ninguém busque o proveito próprio, antes cada um o de outrem.” (I Coríntios 10:24)
Sim, Deus nos abençoa, transforma nossa vida, muda nossa história, mas uma canção que afirma isso (desconsiderando aqui o refrão que auto-afirma a benção) deve também fazer uma relação poetica com os requisitos para que essa realidade aconteça, que é entregar-se a Cristo para servi-lo em amor e santidade.

Meu pensamento é que, se temos a pretenção de que nossas canções transformem vidas, elas devem conter as Boas Novas de Cristo, pois é sua Palavra que transforma, não a nossa, não nossos determinismos vazios, e a fé é antes de tudo racional, não emocional. Não basta tocar nas emoções, pois isso toda expressão artistica o faz, alias, este é um dos conceitos atribuídos à arte. Nossas músicas precisam tocar a alma, e isso só é possível com a Palavra de Cristo.

Entenda isso, o fato de uma canção te emocionar ao ponto de te fazer chorar não significa nada, várias pessoas sentem o mesmo observando uma tela de pintura. O importante é ser transformado e, se tuas lágrimas não te levarem a isso, estarão sendo derramadas em vão, pois não serão reflexo da Obra de Cristo, mas dos homens.

Em suma, a reprovação aqui não vai para a letra em si, mas para o conceito geral da canção, afinal, não devemos ser tão amantes de si mesmos. 
Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também desses.” (II Timóteo 3:1-5)

21 comentários:

Ana Claudia disse...

Sou obrigada a discordar dessa vez, acho o Fernandinho um cara muito de DEUS, muito ungido. Mas não é por isso que vou discordar.
Eu acho que vc não usou muita base bíblica para explicar, não sei..
Eu que não entendi o que vc quis dizer..
Mas fica ai uma interrogação.. :/
A música fala sobre Abraão até onde eu sei, e essa é a história dele.

Ruy Cavalcante disse...

Olá maninha Ana Cláudia,

Espero que entenda o seguinte: Não estou analisando o Fernandinho, ele nem qualquer outro cantor é alvo das análises deste Blog. a minha análise são exclusivamente referentes às letras das canções.

A questão da reprovação desta canção se refere ao egocentrismo apenas. Embora ela seja baseada na história de Abraão, a história não foi bem assim, entretanto não está ai a questão e sim a troca de um louvor genuino pela exaltação de benefícios para o ser Humano, e isso não é louvor.

Se canções assim fossem uma exceção eu não as reprovaria, porém exceção hoje em dia são exatamente músicas centralizadas na figura de Cristo.

Ana Claudia disse...

Agora entendi! Muito obg :)
Eu sei que você não analisa o cantor, o que eu quis dizer é que eu acho difícil que ele cantasse uma música egocêntrica por ser um homem de DEUS! Mas eu entendi sua posição irmão 8)

Abraço!

Anônimo disse...

bom...
a musica uma nova história pode ser sim uma boa opção,pois nem sempre a mensagem de um a canção ou qualquer tipo de composição esta na letra ,mas sim no sentimento que traz a quem ouve.E quando se refere a uma musica como desaprovada ,pode,estar julgando e colocando a prova do nosso Deus ,pois nao creio que Ferndinho nao entregou todo seu trabalho na produçao se uma nova história nas maos de Deus com muito jejum ,oraçao e adoraçao e o senhor o guiou .Tudo bem que voce queira expor sua opiniao mas fernandinho faz a obra do senhor.
atenciosamente júh 13

Wanderson Rodrigues disse...

Interessante como as pessoas estão contaminadas com o egocêntrismo, Jesus disse para negarmos a nós mesmos e segui-lo, entendo isso como um chamado à abandanarmos o nosso egocêntrismo, o qual não deve ter lugar na vida daquele que verdadeiramente experimentou o novo nascimento. Me chamou atenção o comentário anonimo de júh 13, que disse: "nem sempre a mensagem de uma canção ou qualquer tipo de composição esta na letra, mas sim no sentimento que traz a quem ouve". Vejo que o autor desse comentário ainda não entendeu o que é egocêntrismo e que a fé não é alimentada por emoções, isso é resultado do tipo de evangelho que está sendo pregado com fartura por ai, que leva as pessoas a um cristianismo superficial. A Fé é fruto da genuína palavra de DEUS, por isso é importante sim que as canções cristãs sejam portadora dessa Boa Nova que apresenta o caminho, a verdade e a vida e não uma mera música que embala os sentimentos e infla nosso êgo.

Ruy Cavalcante disse...

Irmã Juh 13,

Não me lembro de haver analisado a vida do cantor fernandinho...

Quanto ao que vc falou no inicio, citado também pelo irmão Wanderson, afirmando que "nem sempre a mensagem de uma canção ou qualquer tipo de composição esta na letra, mas sim no sentimento que traz a quem ouve", o que eu posso dizer é o que a própria bíblia diz:

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer? (Jeremias 17:9)"

Viu só como o nosso coração e os nossos sentimentos não são dignos de confiança?

Anônimo disse...

Ola!

Sim essa música pode ser usada nesse sentido que o Ruy afirmou. Porém ela pode também ser uma canção de adoração, um ato de adoração de um coração contrito e quebrantado, sendo fortalecido na fé e no amor a Deus, louvando ao SENHOR DOS EXERCIOTS.

Roney de Arruda

Ruy Cavalcante disse...

Olá Irmão Roney,

Ótimo comentário... concordo que ela possa ser cantada com um coração concentrado em Cristo, mas isso pode acontecer com qualquer canção, pois isso depende apenas do adorador, não da canção.

Não há como analisar a adoração de ninguém, por isso me apego apenas a letra das canções e esta não exalta a Deus desta maneira, deixando em destaque apenas uma conquista pessoal, no caso o de ser abençoado.

O problema aqui é deixar de dar enfase em Cristo pelo que ELe é, e destacar apenas o que ELe pode fazer, fato que leva muitos é manterem um relacionamento interesseiro com Deus.

Deus te abençoe, Paz

Eduardo disse...

Eu nunca tinha visto essa letra por esse lado... Eu tinha visto aí uma mensagem de esperança, "Deus pode mudar a minha história"...

MENIBRAC disse...

É ai colega RUY que o negocio pega, analisar basicamente a letra...!!! Te afirmo que até a q vc aprovou podem estar erradas.

MENIBRAC disse...

Como vc disse, enganoso é o coração! por isso precisamos ver claro se as afirmações favorecem as Deus, mas acredito não ser possível criar músicas apenas com 100% base bíblica. Alguém pode cantar alguma experiência com Deus, um milagre sei lá, ou será q não?

Murilo Gutielly© disse...

Idiota ! ele fez a musica como se deus estivesse disendo! kkkkkkkkkk' q buritu!

Anônimo disse...

Por que não temos o direito de julgar os outros? De acordo com Tiago, a razão é a seguinte: “Há um só Legislador e um Juiz que pode salvar e destruir. Tu, porém, que és, que julgas a outrem?” (Tiago 4:12).
Porque, como diz Tiago, o julgamento feito pelo Senhor “pode salvar”. O modo pelo qual o Senhor nos julga é amoroso e recuperador. Deixemos, então, com Ele o fardo pesado que é julgar. Há só um juiz.

Ruy Cavalcante disse...

Ten razão caro anônimo..

Quem julga pessoas é apenas Cristo, por isso não julgo pessoas, o que julguei foi uma música, se é que não notou...

Nessas horas cabe sempre consultar a bíblia:

1Co 6.3 Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?

Ruy Cavalcante disse...

Murilo Gutielly,

"Uma nova história Eu tenho pra ti"?

Foi assim que vc leu? Acho que o burito aqui não sou eu...

Lilian Maria Bezerra da Cunha Souza disse...



Ruy, Nessa frase tem sim uma frase claramente extra-bíblica

"Tudo aquilo que sonhei para ti filho meu"
Deus não sonha! ele decreta!

Giovanna Loureiro disse...

mas se o fernandinho ouviu isso de Deus, qual o problema dele repitir o que ele ouviu? se Deus falou pra ele "eu tenho uma nova história pra você. eu tenho um novo tempo pra você. e o que perdido foi, ouvirás da minha boca: "te abençoarei"
Ai ele faz a música somente repetindo o que Deus disse a ele... Será que você pode interpretar a música sem saber realmente a fundação dela? Porque essa música foi muito boa pra mim... Quando o meu estado emocional estava completamente perdido, quando meu relacionamento com meu namorado estava perdido, quando eu vi tudo aquilo que tinha construído com a minha igreja acabado, quando vi que eu não tinha forças pra continuar o chamado de Deus pra mim, essa música me deu fé pra dizer: nada está acabado! Porque Deus sempre me dará uma nova história! Cantei com fé dizendo que ele tinha uma nova história pra mim, principalmente pra calar a boca do inimigo que ficava me dizendo que tudo havida acabado, que nao tinha mais jeito... Um tempão depois, minha mãe teve uma visão no meu quarto, onde na minha cama havia livro em branco e uma caneta ao lado, e Deus disse a ela: "tenho uma nova história pra você" - Será mesmo que essa música não foi inspirada por Deus? Será mesmo que você pode dizer que isso é uma canção interesseira? Porque eu nao estou com Deus pelo o que ele pode me dar aqui na terra, estou com Deus por amor! Se não fosse amor não teria passado o que eu passei, não teria não desistido! E essa música me deu forças pra continuar quando eu estava quase desvalecendo.. Pude ver o quanto Deus me ama e o quanto ele está pronto pra transformar a minha vida! Isso não quer dizer que eu vou ser rica, que não vou sofrer perseguição, que eu vou ter do bom e do melhor! Porque pra mim benção não é material, mas benção é sempre o que Deus pode fazer comigo, com meu ministério e com minha família através de cristo... Acho sim que você não pode generalizar dizendo que essa música é antropocentrica... Porque eu senti o amor de Deus ser derramado sobre mim quando a ouvi! bjs

evisconde disse...

Essa é uma canção que pode ser usada para o "mal", ou seja, letra curta, e se analisada ou cantada fora de contexto, pode parecer egocêntrica.
No entanto, há que se perceber que Deus nos permite a fé ser provada, recebermos diversas provas em que "perdemos", mas com certeza, o que ganhamos com a bênção de Deus é muito mais do que tudo o que viermos a perder.
Esse é o contexto da vida de Abrão/Abraão.
A ponte está em que o mesmo Deus que fez promessas ao seu amigo Abraão, e cumpriu cada uma delas, segundo seus propósitos, também age para conosco, e na intimidade da relação Pai e filho. Não raro percebemos que essa historia de aparentes derrotas e ausências que Deus nos permite passar, são temporárias, são desertos por que temos que passar, para no momento oportuno sermos por Ele exaltados. E essa exaltação é uma guinada, uma mudança de rumo, com certeza.
O que cabe ressaltar é que exaltação não é para nos roubar de Deus. Deus não nos dá nada que venho a nos roubar de Deus. Porque o fim de tudo o que recebemos de Deus deve ser voltar para Ele, de glória em glória.

Anônimo disse...

Essa música como citada em comentários acima é referência a história de Abraão, é uma promessa feita a ele.
Como toda história na bíblia, devemos toma-las para nós como exemplos.
Entendo que cada um tem uma promessa de Deus pra sua vida, e a história cantada nessa música me ensina a confiar nessa promessa, porque ela irá se cumprir. "te abençoarei".

Tome cuidado com as análises, concordo com a maioria que já fez, porém não é errado ter alguma frase em primeira pessoa na música, e não é errado pedir bênçãos sobre a sua própria vida. Além do mais, pra que serve a oração? Agradecemos sim, mas pedimos também, e isso é bíblico. "e tudo que pedires em oração, crendo, o recebereis"

Ezequiel marques disse...

totalmente erado em sua analise . A musica trata-se da Historia de Abraão e nao de quem canta ou quer cantar ela.
Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.

Gênesis 12:1-2
quando Deus diz a Abraão que fará dele uma grande nação e uma benção, nao seria o mesmo que dizer que uma nova historia Deus tem pra mim?
pense bem eu não reprovaria esta letra.

Eudes PB disse...

Esse refrão "uma nova história Deus tem pra mim" e errada e não condiz com a palavra de deus e doa atributos de Deus. Vamos pensar os planos de Deus não podem ser frustadoa certo? Então como pode o plano de Deus ser feustadobpor alguém? Se a pessoa está com a vida destruída e por culpa dela , por sair do plano de Deus e viver os seus planos , quando ela quizer e reconhecer Jesus como salvador dela e obedecer Deus faz la voltar para o plano original que ele teve antes da fundação do mundo,o wur Deus planejou para todos foi planejado e a pessoa que saiu da precensa de Deus, então agora retorna aos planos de Deus naobum plano novo, mas sim um plano que ja existia e não aceitamos. Davi fala no salmo 139 que todos os meus dias foram escrito num livro antes mesmo dele nascer, e assim na nosaa vida, mas queremos fazer os nossos próprios planos.

Postar um comentário

Compartilhe sua visão desta música para que todos possam crescer em conhecimento da verdade.

Related Posts with Thumbnails