Observação importante

O objetivo do Blog não é acusar ou perseguir compositores, tampouco os intérpretes das músicas aqui analisadas. O objetivo é avaliar que tipo de afirmações estão sendo proferidas em nossos púlpitos e lares cristãos, seguindo a linha de raciocínio dos crentes bereanos (Atos 17:11) e os conselhos de Paulo (1 Ts 5.21; Hb 13.9) e João (1 João 4.1). Todas as análises são de responsabilidade de seus autores e críticas são bem vindas, desde que não venham acompanhadas de ofensas, mas de paz. Se desejar, leia aqui um artigo sobre algumas considerações sobre música e culto.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Música: Lembra Senhor (Trazendo a Arca)


Letra:

Quando não posso te ouvir
E o meu clamor
Já não muda o teu silêncio
São nuvens que escondem o sol
E tornam o dia tão escuro quanto a noite
Então lembro que não podes me esquecer
Se o meu nome está gravado em tuas mãos
Mesmo que ainda eu não consiga ver
Sei que se levantarás em meu favor

Lembra senhor,
Juraste o teu amor
E nada pode mudar o que sentes por mim
Nem os meus pecados
Lembra senhor,
E faz mais uma vez os teus sinais
E saberão que ainda és o mesmo Deus

Que revelou a sua glória a Israel
E que por amor abriu o mar parou o sol
Sei que farás o mesmo em meu favor.


Análise:

A começar pelo título, essa música me soa meio estranha. Como assim, “lembra Senhor”? Deus sofre de amnésia por acaso? Claro, eu entendo que esta não deveria ser a intenção do compositor, mas não custa nada avaliar a letra depois de pronta, para verificar se alguma coisa fugiu da realidade, uma vez que não se trata de uma poesia cristã, mas de um conjunto de declarações melódicas.

No decorrer da canção encontramos diversas afirmações verdadeiras como “lembro que não podes me esquecer”, “nada pode mudar o que sentes por mim”, conforme lemos em:

Mas Sião diz: O Senhor me desamparou, o meu Senhor se esqueceu de mim. Pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim”. (Isaias 49:14-16)

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”. (Romanos 8:38-39)
Entretanto, é fácil perceber a inclinação antropocêntrica da música, onde até sinais são pedidos para Deus, a fim de provar ao homem o Seu poder, esquecendo completamente das palavras de Cristo quando diz:

Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal se lhe dará, senão o do profeta Jonas”. (Mateus 12: 39)
A ressurreição de Cristo é o único sinal necessário para sabermos que Jesus é Deus e que tem todo o poder. Leia o contexto desta passagem acima para confirmar o que digo.

Em tempo, afirmar que Deus fará por mim o mesmo que fez por Israel é um tanto perigoso, pois nem sempre as coisas acontecem como esperamos:

Porque diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que usa de misericórdia”. (Romanos 9:15:16)
Por fim, acabo percebendo boas intenções (estou falando de percepção, não de convicção) no contexto geral da letra, porém, decidi fazer análises ortodoxas quando à Palavra de Deus, o que me obriga a avalia-la negativamente.

19 comentários:

Thiago Rodrigo. disse...

Bastante louvável o trabalho que você vem desenvolvendo aqui no blog.

Às vezes doem os ouvidos ao escutar músicas ditas cristãs que estão tão longe do Evangelho.

Parabéns e que Deus continue te guiando!

Ruy Cavalcante disse...

Obrigado irmão.. conto com pessoas como vc para juntos defendermos o Evangelho genuíno de Cristo, por Crito..

Deus te abençoe

Danielle disse...

tem alguma musica do Toque no Altar,ou Trazendo a Arca que foi aprovada?

Ruy Cavalcante disse...

Até agora não irmã Danielle, mas acredito que um dia haverá, vou garimpar uma para nao parecer perseguição.. ehehhehe

Anônimo disse...

Paz! irmão pelo o menos a melodia dessa musica é de uma musica em inglês uma musica do mundo, sera qua vc descobre qual é?

Anônimo disse...

PS: se descobrir pode me manda o nome por email? dogmasantorus@hotmail.com, que Senhor esteja com vc

Anônimo disse...

HAHAHAHA! Paz irmão desculpa voltar p encomodar mas eu encontrei a musica o Nome dela é Remember When!!! Paz a todos!

PS: A musica é bonita pelo menos, kk

Ruy Cavalcante disse...

Obrigado caro irmão anônimo,

Vou procurar esta canção e incluir uma observação neste post caso se confirme..

Grande abraço e que Deus te abençoe.

fernando disse...

Concordo com tudo que o irmão disse na análise ,mas que fique claro que não podemos de enfatizar que como já foi dito,que analisemos o sentido poético da canção,pq existem várias canções e até ministros que declaram estar "APAIXONADOS" POR JESUS,se levarmos em conta que o significado da palavra PAIXÃO é sentimento faccioso que sobrepõe a razão e o entendimento ou o bom senso,fora várias outras canções ...muito bom seu blog !!!

Ruy Cavalcante disse...

Olá irmão fernando,

é verdade, nem toda poesia está livre de uma análise bíblica pelo motivo de ser poética.. poesia pode conter hereia tbm, ou pelo menos coisas inúteis...

Anônimo disse...

Procura lembrar-me; entremos juntos em juizo; apresenta as tuas razões, para que te possas justificar! Isaias 43.26


leia a biblia!

Ruy Cavalcante disse...

Não entendi a colocação do ilustríssimo anônimo.

Mas eu leio a bíblia, sempre.

Alexandre Colares disse...

Vou tentar explicar para ver o se nosso amigo inquisidor do evangelho (quem te elegeu juiz para aprovar ou reprovar qualquer coisa?) entende: Existem momentos na vida das pessoas em que tem a impressão de que até Deus se esqueceu delas (o que todos sabem que não é verdade). A passagem por um deserto é um momento muito duro na vida de qualquer um e a vontade que se tem é de gritar: Ei! Senhor eu Deus! Lembra de mim Pai! Não me desampares!!!
Mas ao parece você está mais preocupado em julgar do que entender o que é licença poética ou entender o sentimento das pessoas em relação a sua situação e sentimentos e transformar em uma canção. A letra mata!

Jones de Lira disse...

Quantas vezes Moisés intercedeu pelo povo junto a Deus dizendo "lembra, Senhor, das promessas que me fizesse...?" E lembro-me que Deus o ouvi inúmeras vezes e não foi porque Ele esqueceu, mas, porque havia de existir um intercessor (e até os dias de hoje).

Talita Maria disse...

Antes de começar a digitar essa mensagem, eu pensei muito, e já de antemão, peço perdão se eu estiver errada em meus pensamentos. É bem verdade os erros de muitas letras de canções que se tocam nas igrejas hoje. É bem notável, principalmente para aqueles que observam a Palavra e são bastante zelosos a ela. Eu tenho até concordado com muitas críticas construtivas, mas por outro lado, não tenho deixado de perceber que os "apologistas" muita das vezes, se parecem com os fariseus da época de Jesus. Ora irmãos, lembremos da parábola do publicano, e do fariseu. Eu poderia ser uma compositora, e no meu momento de profunda tristeza, escrever uma canção parecida, dizendo "Lembra de mim Senhor, do mais alto lugar que Tu estas..." como as vezes em meus pensamentos, digo. Eu estaria afirmando em meu íntimo que Deus tem amnésia? Ou em um momento de medo, estaria pedindo socorro ao Senhor? Ora, mas uma vez, lembremos que o próprio Jesus disse: "Deus Meu, Deus Meu, porque me desamparaste?". Moisés também por muitas vezes clamou a Deus, pedindo misericórdia...estaria Moisés afirmando que Deus não é misericordioso?
Amados, devemos todos os dias orar e pedir a Deus humildade, nos desviar daquilo que nos afasta de Deus. Admoestar com amor. Ter cuidado ao falar, ao criticar, ao julgar. Admiro o zelo que os apologistas tem pela palavra, mas volto a dizer, para terem cuidado que não se pareçam com aqueles zelosos da lei, que chegaram ao ponto de perseguir severamente a Cristo e seus seguidores. Somos cheios de erros e defeitos, nossos irmãos também, precisamos ajudar uns aos outros. Para finalizar, peço perdão se falei algo errado, e que Deus tenha misericórdia de todos nós pecadores. Paz do Senhor Jesus!

Rafael Martins disse...

Não acho esse blog coisa grande ou um trabalho louvavel..Acho que o irmão deveria procurar vidas perdidas,usar teu blog pra falar de Jesus e não de musicas que mesmo REPROVADAS pelo o caro amigo levam muitos á adoração e fortalece em momentos de agonia!!Certamente alguma coisa está errada e acho que não são as letras ou os cantores mas sim quem as más interpretam! paz do senhor querido!

Raquel disse...

Procura lembrar-me; entremos em juízo juntamente; apresenta as tuas razões, para que te possa justificar. ISAÍAS 43.26
Assim como um advogado lembra o juiz de uma causa, o que consta em lei com relação a um direito e o pleiteia, da mesma forma podemos lembrar a Deus de suas promessas para conosco e apelar à Ele com base em suas promessas.

Zaqueu venerck fernandes disse...

Sabe porque se preocupamos com estas coisas, enquantos tem muitos la fora precisando de evangelização, porque no tempo da igreja primitiva era um olho para orar e outro vigiando para ver se os romanos ñ aparecia para os jogar aos leões. "Lembra Senhor" Abra a Bíblia e veja qual foi a oração do rei Ezequias e Deus mandou a resposta pelo profeta Isaías. Irmão ou amigo não sei, sai de tráz desse pc e leia e veja quem é seu inimigo. A Paz de JESUS!

Marcio de Jesus disse...

E disse: Ah! Senhor, peço-te, lembra-te agora, de que andei diante de ti em verdade, e com coração perfeito, e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo.
Isaías 38:3

Nem preciso dizer mais nada além desse versículo.

Postar um comentário

Compartilhe sua visão desta música para que todos possam crescer em conhecimento da verdade.

Related Posts with Thumbnails