Observação importante

O objetivo do Blog não é acusar ou perseguir compositores, tampouco os intérpretes das músicas aqui analisadas. O objetivo é avaliar que tipo de afirmações estão sendo proferidas em nossos púlpitos e lares cristãos, seguindo a linha de raciocínio dos crentes bereanos (Atos 17:11) e os conselhos de Paulo (1 Ts 5.21; Hb 13.9) e João (1 João 4.1). Todas as análises são de responsabilidade de seus autores e críticas são bem vindas, desde que não venham acompanhadas de ofensas, mas de paz. Se desejar, leia aqui um artigo sobre algumas considerações sobre música e culto.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Música: Mais Que Uma Voz (Kleber Lucas)

Letra:

Eu queria ter mais que uma voz
Mais que um amor e uma vida pra te oferecer
Pois tu és muito mais que eu possa ter em meu ser

Tu és o autor, aquele que
Pintou com perfeição a vida
Tu és o Senhor, aquele que
Me amou e és o

Meu Deus, meu Senhor
Minha vida é pra teu louvor
Meu Deus, meu Senhor
Minha vida é pra teu louvor


Análise:

Mais um bom exemplo de músicas que expressam adoração genuína, do tipo que não arroga para si conquistas pessoais, mas que se dedica em reconhecer a nossa posição em relação a Deus. Notem na primeira estrofe como o texto desta composição deixa bastante claro a intenção do autor em declarar amor ao Criador e se dedicar inteiramente a Ele.

Mais um ponto a destacar é de que forma Deus está sendo adorado, pois vemos por ai várias músicas que tentar expressar um adoração chamada “extravagante”, totalmente despropositada quando o quesito de interpretação é a bíblia. No caso especifico desta canção, as referências à práticas de adoração estão em sintonia com o que a Palavra de Deus nos ensina.

Deus é o Autor da vida:

e matastes o Autor da vida, a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas”. (Atos 3:15)
Ele é aquele que me amou:

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim”. (Gálatas 2:20)
Minha vida é para louvor dEle:

Em ti me tenho apoiado desde que nasci; tu és aquele que me tiraste das entranhas de minha mãe. O meu louvor será teu constantemente”. (Salmos 71:6)
Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu existir”. (Salmos 104:33)
Portanto, temos aqui uma música de excelente qualidade, em consonância com a Palavra imutável de Deus.

1 comentários:

Trolly disse...

Ótima análise, pois para mim, essa música é realmente de adoração, pois foca-se em dar glória ao PAI e isentar a glória do homem.

Postar um comentário

Compartilhe sua visão desta música para que todos possam crescer em conhecimento da verdade.

Related Posts with Thumbnails