Observação importante

O objetivo do Blog não é acusar ou perseguir compositores, tampouco os intérpretes das músicas aqui analisadas. O objetivo é avaliar que tipo de afirmações estão sendo proferidas em nossos púlpitos e lares cristãos, seguindo a linha de raciocínio dos crentes bereanos (Atos 17:11) e os conselhos de Paulo (1 Ts 5.21; Hb 13.9) e João (1 João 4.1). Todas as análises são de responsabilidade de seus autores e críticas são bem vindas, desde que não venham acompanhadas de ofensas, mas de paz. Se desejar, leia aqui um artigo sobre algumas considerações sobre música e culto.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Música: Reina Em Mim (Vineyard Music Brasil)

Letra:

Sobre toda a terra tu és o rei,
Sobre as montanhas e o pôr-do-sol
Uma coisa só, meu desejo é:
Vem reinar de novo em mim

Reina em mim com o teu poder
Sobre a escuridão,
Sobre os sonhos meus
Tu és o senhor de tudo que sou,
Vem reinar em mim, senhor

Sobre o meu pensar,
Tudo que eu falar
Faz-me refletir a beleza que há em ti
Tu és para mim mais que tudo aqui,
Vem reinar de novo em mim
...reinar em mim senhor,
Vem reinar em mim senhor


Análise:

Aqui encontramos um exemplo de música que, além de expressar adoração genuína (o contexto inteiro da música revela isso, principalmente por tratar Deus como Ele de fato é, Soberano Rei), reflete a posição que devemos ter diante de Deus, que é a de negar nossos próprios desejos e sonhos em favor de uma vida submissa à vontade de Deus.

Expressões como “Reina em mim... sobre os sonhos meus... sobre o meu pensar, tudo que eu falar” demonstram definitivamente a postura de servos diante de seu Deus, pois de acordo com a Bíblia:

Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz, e siga-me”. (Lucas 9:23)
Aqui vemos também, contrariamente à música “Reinar em vida (Toque no altar)”, quem é o verdadeiro Rei e duas coisas sobre as quais Ele reina: Sobre toda a terra e sobre tudo que eu sou.

Eis que conceberás e darás à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. (Lucas 1:31-33)

15 comentários:

Anônimo disse...

Eita meu Deus, mais um "criticólogo", quanta perda de tempo, não? Axo que um Blog pra pregar a palavra de Deus seria mais útil às pessoas.

Ruy Cavalcante disse...

Se quiser um Blog para pregar basta visitar o meu outro Blog irmão http://intervalocristao.blogspot.com , mas claro, o irmão não aceita que outros critiquem, só vc mesmo, e ainda se esconde no anonimato... muito cristão isso realmente, um "exemplo"...

Silas disse...

amigo o blog é otimo, tem que haver criticas mesmo, se nao há criticas não há aprendizado, certos conceitos sobre musicas que muitos tem hoje e ate mesmo eu no caso, que algumas musicas acabo escutando sem analisar, acaba sendo apenas da carne, e creio que o que agrada a carne não agrada a Deus, entao muito temos a aprender ainda!

Ruy Cavalcante disse...

A Palavra de Deus diz:

"Não sabeis vós que havemos de JULGAR os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?" (1Co 6:3)

Precisa de mais alguma resposta sobre criticar o que está errado? Paz.

Anônimo disse...

Ruy antes mesmo sobre julgar, lembre que o julgamento que se refere é bem diferente de julgar o autor da música ou as pessoas quem você responde nesse blog.

Olha, veja que tudo sempre deve ser posto à luz da palavra, mas sempre na mesma balança, até para você mesmo, enquanto analisa.

O "julgar" de Paulo é diferente de julgar do mundo. Jesus avisou isto.

Abraços

Ruy Cavalcante disse...

Amado anônimo,

Você está certíssimo, o julgar de Paulo é diferente do julgar do mundo, assim como eu não sou do mundo, sou de Cristo e julgo segundo a Palavra dEle...

E este não é o único texto que trata sobre a necessidade de julgar as coisas que nos cercam, pois até mesmo os espíritos devemos por a prova (1Jo 4.1) para saber se vem de Deus ou não, quanto mais um simples canção...

Anônimo disse...

muito bom ,a pessoas que criticam precisamos saber o que cantamos .um grande abraço

Anônimo disse...

eu não concordo com a parte " vem reinar de novo m mim" ja pensou se todo os dias eu cantr isso.. quando o senhor vai reinar em mim por definitivo

Elias Filho disse...

Sinceramente irmão Ruy se eu fosse você não perderia tempo em responder quem fosse anônimo, pois a maioria deles só criticam e não acrescentam nada, salvo alguns, porém por que não se identificar? tem medo de que anônimo?

Ewerton Teixeira disse...

oi,essa musica com todo o respeito deve ser cantada pelas pessoas que estão vendo o poder de Deus mas ainda não é convertido e,pelas pessoas que se dizem desviadas da igreja...

caso contrario quem é cristão verdadeiro de fato Cristo já reina na vida dele...

essa é minha opiniao...
obrigada!!

Jhonas Bandeira disse...

Amado, Ruy! Esse louvor realmente é uma expressão genuína de adoração ao nosso Deus. No entanto, tenho um comentário a fazer sobre um verso dessa música, queria que vc pudesse me esclarecer. Seguinte: Ele diz "Tu és o Senhor de tudo o que sou" e depois diz: "Vem reinar de novo em mim" e "vem reinar em mim, Senhor" como assim? Não entendo, porque se ele é meu Senhor, ele já reina em mim, não éé? e ainda: vem reinar de novo em mim! Ele já reinou e deixou de reinar? Penso que a letra mais correta seria: "uma coisa só quero confessar, TU REINAS EM MIM, SENHOR; inclusive na minha igreja nós cantamos assim, temos muito cuidado com os louvores entoados a Deus para que não contenham heresias e egocêntrismo da parte de homens. Se fosse possível, queria que você comentasse e dissesse se concorda, ou não comigo. Na graça e Na paz, Jhonas Bandeira.

e-mail: jhonasbandeira@gmail.com

Carla disse...

Puxa, Ruy, confesso também que esta parte "vem reinar de novo em mim" pra mim também é confusa. Na minha igreja cantamos ela, e eu sempre fico meio pé atrás.

Conheci o blog hoje e gostei muito. Vou indicar ao músicos da minha igreja.

Abraços.

Ruy Cavalcante disse...

Jhonas e Carla (Desculpe por só agora responder Jhonas).

Eu concordo com a preocupação e a análise de vcs, porém considerando todo o contexto da canção, este trecho (Reinar de novo) parece apenas uma figura de linguagem que tenta enfatizar este fato.. repito, digo isso em relação ao contexto geral da canção. De qualquer forma, para não correr risco algum de cometer erro ou dúvida, a mudança desse trecho parece ser relevante.. :))

Valeria Santos disse...

Gostaria de saber o significado da musica Santificação- Elaine Martins

Lina disse...

Quando os discípulos pediram para que o Senhor os ensinasse a orar Ele nos ensinou a pedir que o seu Reino [governo] venha sobre nós! Se eu pedir que o governo do Senhor venha sobre mim todos os dias, consequentemente estou pedindo que ele venha governar de novo [reinar] em mim.

Postar um comentário

Compartilhe sua visão desta música para que todos possam crescer em conhecimento da verdade.

Related Posts with Thumbnails